O que significa?
São registros em um cartório de protesto feitos por empresas que não receberam o dinheiro que tinham direito de receber. Ou seja, ao protestar um título (como nota promissória, contrato, cheque ou duplicata), a empresa notifica que o pagamento de uma dívida não foi feito.  


Por que isso é importante?
Ter um registro desse tipo no seu CPF pode causar transtornos, como dificuldade em conseguir empréstimos, crediário, aprovação do contrato do aluguel ou até dificuldade em abrir conta em bancos.  


O que fazer?
1.  Retire a Certidão de Protesto, que é um documento que traz os dados de quem protestou, no cartório de protestos em que seu nome foi protestado (leve CPF e RG para retirar o documento).

2. Procure a pessoa ou a empresa que protestou seu título e pague a dívida. Não se esqueça de pedir um comprovante de quitação e reconhecer firma em cartório para que o papel seja válido. É esse recibo que comprova que a dívida foi paga.

3. Volte ao cartório, mostre o comprovante e peça o cancelamento do protesto. Fique atento, pois esse serviço pode ser cobrado e o valor varia de cartório para cartório.

4. O próprio cartório entrará em contato para dar baixa no protesto e limpar o seu nome.

5. Se o seu nome foi protestado em outra cidade, alguns cartórios enviam a Certidão de Protesto pelo correio depois que você faz um depósito das taxas de envio. Mas fique atento: não são todos os cartórios que fazem esse tipo de serviço, então, entre em contato por telefone para verificar essa possibilidade.

Fonte: http://www.konkero.com.br/financas-pessoais/negociar-dividas/o-que-e-protesto-e-como-limpar-o-nome-no-cartorio